domingo, 31 de outubro de 2010

O Resgate... continuação - 9

A vergonha da epoca passada continua, por varios motivos, pelo roubo de ontem, colinho, mais uma vez e pelo que se passou no nosso jogo de hoje, que nem sequer devia ter começado.

Uma vergonha, um clube que vai representar Portugal nao europa, o unico capaz de o fazer com dignidade, ter que ser submetido e obrigado a um jogo destes, num autentico lameiro, sujeito a provocar lesões graves, (provocou, esperemos que não seja grave – Fernando).

Ser obrigado a um esforço suplementar, quer fisico quer psicologico, pois ser apitado por aquele animal, não é qualquer um que aguenta e tanbém nesse aspecto os nossos jogadores estão de parabens.

Do jogo, em relação a futebol não ha muito a dizer, pois houve pouco, apenas um golaço de Varela, alguns pormenores interessantes, uma grande penalidade falhada por João Moutinho, que para alem de já merecer o golo, não merecia falhar este pois fez um grande jogo.

Espero que a nossa equipa e os nossos jogadores consigam recuperar e responder bem aos proximos dois jogos que se avizinham nesta semana, que serão importantes para ditar o nosso futuro, nós acreditamos.

Parabens aos nossos jogadores e à nossa equipa tecnica.

Por Artur Guedes

4 comentários:

  1. Bom dia,

    Foi uma vitória de garra e luta!
    Foram bravos os nossos jogadores.
    Belluschi, Maicon, Varela, Moutinho, Guarin e Alvaro foram uns guerreiros!
    Pena as 4 oportunidades de golo claro falhadas na segunda parte (uma delas o penalti).
    Poderíamos ter vencido tranquilamente o jogo.
    O relvado estava impraticável, a bola não rolava, havia perigo para a integridade física dos jogadores (Fernando saiu lesionado), e o árbitro poderia e deveria invocar a Lei 5, e parar o jogo temporariamente, suspendê-lo ou interrompê-lo definitivamente por razões de interferência de acontecimentos exteriores (chuva intensa que levou ao mau estado do relvado).
    Felizmente tudo correu bem e vencemos!

    A Liga tem de repensar estas autorizações para a realização de concertos musicais, no decorrer da época desportiva.

    O central Orlando devia estar com o cérebro encharcado de água, quando afirmou «A vitória do F.C. Porto não é justa»
    Este gajo ou é burro ou mouro... e desculpem a redundância!
    O FC Porto teve 4 oportunidades de golo "cantado" na segunda parte.
    A Académica limitou-se a enviar já em tempos de descontos uma bola à barra de livre directo!

    Duarte Gomes fez uma péssima arbitragem. Na primeira parte não nos deixou jogar. Marcou faltas inexistentes contra nós, e deixou por marcar outras a nosso favor.
    Penso que o golo é mal anulado ao Falcao.
    Senão fosse o fiscal de linha teria ficado por assinar aquela grande penalidade evidente.
    Quanto à alegada grande penalidade cometida por Maicon é inexistente. Maicon tem os braços junto ao tronco, e a bola do peito ressalta ao ante-braço.

    O FC Porto foi um justo vencedor, pois lutou mais num relvado deplorável, e foi a equipa que mais procurou vencer a partida.

    Abraço e bom fim de semana

    Paulo

    http://pronunciadodragao.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Bom Dia,

    Antes de maisacho que o jogo não se devia ter realizado. Foi provavelmento dos piores jogos que ja vi. Provavelmente o arbitro achou que talvez fosse uma forma de nos limitar. Para alem do golo anulado e por ai fora.
    Do jogo em si extraio mais uma vez a vontade de ganhar a raça e a entrega de todos, porque jogo jogado não houve.

    Um abraço

    http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. O FC Porto demonstrou toda a sua força e classe, mesmo em condições adversas para a prática do futebol.

    Este jogo trouxe-me à lembrança a fantástica epopeia de Tóquio, em Dezembro de 1987. A final da Intercontinental disputada sob um manto de neve!.

    Pois bem, na neve, na água ou num belo relvado, os Dragões mostram a sua raça.

    Vitória mais que justa e até escassa face às oportunidades desperdiçadas.

    O meu destaque vai para o enorme espírito de sacrifício, de entreajuda e do querer vencer, que todos os jogadores portistas evidenciaram, demonstrando fibra de campeões.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  4. Boa Tarde,

    Visto que foi impossível jogar um futebol espectacular, com muitas exitações durante o jogo, com um futebol quase nada ofensivo no Estádio Cidade de Coimbra.

    Este jogo realizou-se entre o 1º classificado o F.C.Porto e o 4º classificado o Académica.

    Pelo que ouvi dizer no Sábado e dia esteve agradável, o sol ia espreitando às vezes, mas que durante o dia todo não choveu. Tudo perfeiro para um futebol espectáculo entre as duas equipas. O meu amigo João Manuel Couto entra no estádio 1 hora e 15 minutos antes da partida, as duas equipas entram para o relvado para efectuarem o devido aquecimento, relvado verdinho, sem poças.

    Os jogadores depois de terem efectuado o aquecimento voltam às cabines para se preparam ambas para o jogo, passado algum tempo uma carga de chuva monumental abate-se sobre o terreno do jogo e em vez de ser um terreno perfeito, tinha transformado numa "piscina".

    Os primeiro 10 minutos foram contragedores para as duas equipas que quase todo o jogo não se conseguiram habituar do terreno de jogo.
    Também nos primeiros 10 minutos a TVI teve falhas devido ao temporal que se pôs na cidade de Coimbra.

    Depois nos 40 minutos a mesma situação se voltou a repetir, uma chuvada forte inundou ainda mais o relvado.

    Grande dedicação e muito esforço de ambas as equipas, o que nos interessa realmente é os 3 pontos alcançados.

    Um abraço

    http://campeoesfcporto.blogspot.com/

    ResponderEliminar

Golaço marcado por...